Domingo, 23 de Setembro de 2012

nuvem

que te formas e transformas

e... sem sequer pedires permissão!

"e porque haveria de o fazer? 

sou livre!" dizes tu. 

 

e leve de essência, acrescento eu

 

então aqui entra o vento

revela-se.... rebela-se...

contra quem lhe fez mal!

ninguém, afinal.

 

perdoo. desperto.

 

sigo na minha nuvem

também ela fofa e leve

 

como Eu.

como a minha Consciência. 



publicado por thoughtsandpoems às 22:07
mais sobre mim
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30


arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO