Quarta-feira, 04 de Novembro de 2009
Voltei…
Mas afinal, já não te encontrei.
Tive que ir embora
Mas no meio de algumas ideias e pensamentos
Não sei porquê, mas… apeteceu-me voltar.
E foi quando eu vi que também tu tiveste que te ausentar.
Pensei ainda ir a tempo
Deixar-me levar pelo vento
Olhar, viver, apreciar o momento
Tal foi possível, num certo dia, graças a ti.
E queria novamente ver
Que tipo de atitude irias ter
Mas … não deveria já saber?!
Obrigada pela atitude
E não houve senão virtude
Na brevidade do momento
Mas, como já disse num outro poema meu,
É essa a sua morada, um simples gesto ou toque
Que veio como que por magia
Alegrar a nossa tarde, o nosso dia
E muito mais para dizer eu teria…
Se não fosse este meu bloquear de sentidos
Que me transporta para aquele cenário, enternecidos…


publicado por thoughtsandpoems às 13:36
mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO